Que a felicidade não seja clandestina

Essas palavras são para vocês porque são para mim. Essas palavras são para mim, com a desculpa de que são para vocês. E usando essa desculpa, espero que sejam para vocês também.

Clarice Lispector escreveu certa vez: “Criava as mais falsas dificuldades para aquela coisa clandestina que era a felicidade”. Ela se referia a história de uma menina que, após conseguir o que vinha desejando há muito tempo, não tinha coragem de finalmente desfrutar do momento. Ela havia passado tanto tempo presa num mundo de expectativas, planos e ilusões, que não soube agir quando a felicidade estava diante dela. Ela não se achou digna de aproveitar a materialização de seu desejo.

Quando li essa história me vi na garotinha. A aflição da pobre menina se aplica a tantos níveis da minha vida que eu poderia me estender por um livro. Mas não farei isso. Não. Serei o mais objetivo que conseguir. Essas breves palavras são apenas para dizer que VOCÊ MERECE SER FELIZ.

Isso não é tão simples de assimilar quanto é de dizer, eu sei. Mas você realmente merece ser feliz. E precisa acreditar que merece. Precisa acreditar com força para não correr o risco de não saber desfrutar do que tanto sonha quando isso finalmente estiver diante dos seus olhos. O medo, a insegurança e a sensação de insuficiência crônica podem criar em nós uma falsa e perigosa certeza de que talvez não mereçamos ter a vida que sonhamos. Ah, mas merecemos! Merecemos e vamos ter. Porque lutamos todo dia – uns dias mais, outros menos – mas todo dia para levantar da cama, nos olhar no espelho e tentar gostar do que vemos refletido. Sim, a luta é árdua. E é justamente por ter consciência disso que sou tomado pela certeza de que vai dar certo. Eventualmente vai dar certo.

Eu sei que as vezes bate o desânimo de ver o tempo passar e as coisas não acontecerem da forma como imaginamos, na velocidade como desejamos. Vivemos num simulacro que nos passa a impressão de que todos estão sendo felizes e realizados, menos a gente. Mas entenda que nesse mundo de realidade fantasiada, as pessoas raramente deixam transparecer seus medos, seus desejos e suas angústias. Isso não significa que não estejam todos lá. Porque estão. Algumas pessoas apenas sabem disfarçar melhor (não que isso seja necessariamente uma qualidade). O que estou querendo dizer é que você tem seu próprio tempo, sua vida tem seu próprio ritmo e seria no mínimo injusto consigo mesmo e com o universo usar parâmetros alheios para tentar encaixar seus sonhos. Tenha calma. Tenha paciência e entenda que dará tempo. Há muito caminho pela frente e dará tempo de realizar seus sonhos, de realizar-se.

Dará tempo de amar, de ser amado. Dará tempo de fazer uma, duas faculdades. De construir uma carreira, fazer uma pós graduação, conhecer Paris, Londres, Nova York. Dará tempo de casar e formar uma família. Dará tempo de não casar e ganhar o mundo. Dará tempo! Respire fundo e dê um passo por vez. Tenha calma e entenda que vai dar certo e será ainda melhor do que na imaginação. E sabe por que? Porque será real! Real a ponto de você nem lembrar que um dia afligiu tanto seu coração se questionando se aconteceria.

E aí você vai perceber que a felicidade deixará de ser um bocado de ilusões clandestinas ocupando seu tempo ocioso, para virar rotina. Doce rotina. Por isso grave bem: se você está tendo um dia ruim, uma semana ruim ou um ano ruim, saiba que é passageiro. Saiba que momentos problemáticos são apenas uma fase, não a definição de toda a sua existência. Saiba que é só mais um dentre tantos capítulos em sua vida, um daqueles que todo personagem precisa passar antes que algo realmente bom aconteça. E algo bom irá acontecer. Mas você precisa acreditar, precisa encarar a si mesmo bem fixamente no espelho e falar: eu mereço! Eu mereço ser feliz! Eu mereço ser amado, ser entendido, ser bem-sucedido. Eu mereço, trabalharei pra isso e saberei esperar, saberei respeitar meu tempo. E o mais importante de tudo: saberei desfrutar de cada segundo quando acontecer.

Porque irá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s