Cuidado, ele se apega!

Talvez você não consiga ver explicitamente escrito na testa dele, mas está lá: cuidado, ele se apega. Ele é do tipo de cara que vai levar a sério se você diz que está aberta a possibilidades. É daqueles que fazem tudo o que podem para mostrar ser alguém diferente de tantos outros casos rasos que já passaram por sua vida.
Cuidado! Se você der bobeira, em pouco tempo ele vai estar te mandando “bom dia” acompanhado de emojis fofos. Fica esperta pois logo em seguida virão os terríveis “não podia dormir sem antes te dar boa noite” acompanhados por longas conversas madrugadas a dentro. Pior que isso só os encontros agradáveis e aquela maldita fase em que ele começa a compartilhar seus gostos, lugares e segredos com você. Dá arrepio só de imaginar.
Depois não diga que eu não avisei. Quando ele começar a te fazer questionar seus medos em relação ao amor, quando ele inventar de escrever textos bonitinhos tendo você como inspiração, quando ele disser que esperou um tempão até poder ser quem realmente é e que quando está contigo finalmente pode ser esse alguém, aí… bem, aí será tarde demais.
Aí você se deparará com alguém que não tem medo de demonstrar o que sente. Aí você ficará de frente com um cara que te leva a sério, que não some do nada e que abriu mão de ter outros contatos porque só consegue focar em um de cada vez. E esse alguém é você.
Quando isso acontecer você vai perceber que está diante do homem que sempre pediu a Deus, mas não tem emocional para lidar com isso. Quando isso acontecer você vai se sentir perdida, confusa e inevitavelmente vai usar a velha tática do “me sinto sufocada”. Quando isso acontecer você vai perceber que não adianta pedir ao universo alguém que te leve a sério, se você não está preparada para levar a pessoa a sério também. Quando isso acontecer talvez você pare de culpar os outros por ser quem é. Talvez até pare de culpar a si mesma e passe a agir diferente.
Cuidado, ele é carente e faz de tudo para te mostrar que merece ser valorizado. Atenção pois isso em momento algum te dá o direito de tratá-lo como “aqueles caras” te trataram. Cuidado, ele se apega. E ele vai se apegar a você se você deixar. Não deixe se não estiver afim. Mas, cá entre nós, dê uma chance se sentir que deve. Uma só. Ele só quer uma chance para fazer a parte dele, mesmo correndo o risco de que você não faça a sua. Ele não se importa. Há muito ele não se importa. Mergulhar em piscinas rasas é um risco que ele corre desde que conheceu o amor. Mas deixar de mergulhar, ah, isso está fora de cogitação.

—— ♣ ——

A todos os incorrigivelmente românticos. A todos os assumidamente carentes. A todos os que teimam em acreditar no amor. A todos vocês… se apega sim! Se apega porque ainda tem gente que merece o benefício da dúvida. Se apega porque nenhuma história de amor germina em solos mal cuidados. Se apega porque é mais gostoso. Se apega porque como bem ouvi num filme outro dia: “todo mundo merece viver uma linda história de amor”, e eu sei que você faz parte desse todo. Se apega porque eventualmente vai acontecer com você.

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s